• Aceccine

Prêmio da Crítica: 15º For Rainbow

O júri composto por Arthur Gadelha, Rodrigo Passolargo e a crítica convidada Mylla Fox premiou os filmes "Assim como o Ar, Sempre nos Levantaremos" (LONGA) e "Time de Dois" (CURTA) no 15º For Rainbow – Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual e de Gênero. Confira as justificativas:

🏆️ Assim como o Ar, Sempre nos Levantaremos (PE), de Clara Angélica ️

Na observação ativa de um corpo diverso de pessoas de origens distintas, o filme encontra no impulso do relato seu ato mais sincero na documentação do que rodeia a existência LGBTQI+ no Brasil pós-2018, um cenário inevitável de temor e resistência. Por montar essas histórias na coexistência da celebração das conquistas com a persistência na revolução diária, a obra de produção coletiva se aproxima dessas pessoas para discutir objetivamente a forma como devemos ocupar a nação. Diante da emoção provocada por uma eloquência aberta, o Prêmio da Crítica de Longa-Metragem Brasileiro do 15º For Rainbow vai para Assim como o Ar, Sempre nos Levantaremos (2021), de Clara Angélica.


🏆️ Time de Dois (RN), de André Santos

Levando o espectador à suspeita de imagens que circundam as memórias na forma como a sociedade e suas atividades tratam a existência gay para depois inverter a expectativa de roteiro e atuação, o filme se afasta de nossos traumas para propor um gesto tão simples quanto elétrico no olhar de um romance que, apesar de comum no campo da heteronormatividade, foi privado das vivências dissidentes. Pelo carinho desse aceno posto em prática de forma direta, o Prêmio da Crítica de Curta-Metragem Brasileiro do 15º For Rainbow vai para Time de Dois (2021), de André Santos.