Aceccine elege os melhores filmes de 2017


A Associação Cearense de Críticos de Cinema (Aceccine) elegeu os curtas e longas-metragens que mais se destacaram em 2017. Foram citados no primeiro turno de votação 64 filmes, entre curtas, médias e longas, nas cinco categorias, reflexo da pluralidade e da qualidade das obras lançadas no último ano. No segundo turno, os votantes definiram os vencedores de cada categoria. A entidade é composta por profissionais de cinema e audiovisual que atuam como críticos no Ceará, conectados com a efervescência da produção contemporânea.

Para os prêmios de melhor longa-metragem estrangeiro e brasileiro, os associados consideraram produções lançadas em circuito comercial no Ceará entre os dias 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2017 e que permaneceram em cartaz pelo menos uma semana. Concorriam na categoria de melhor longa-metragem cearense os filmes que estrearam nas salas de cinema, no mesmo período, ou obras inéditas em circuito que tiveram uma primeira exibição pública no Ceará decorrer do ano.

Os curtas-metragens também foram avaliados pelos associados. O critério para o prêmio de melhor curta/média brasileiro contemplava filmes, independente do ano de produção, que tiveram uma primeira exibição pública em mostras e festivais do Brasil em 2017. Já para os curtas cearenses, concorriam obras que tiveram uma primeira exibição pública no Ceará no mesmo período.

Melhores Filmes de 2017 segundo a Aceccine

Melhor Longa-metragem Cearense: “Corpo Delito”, de Pedro Rocha

Melhor Longa-metragem Brasileiro: “Corpo Elétrico”, de Marcelo Caetano

Melhor Longa-metragem Estrangeiro: “O Ornitólogo” (Portugal/França/Brasil), de João Pedro Rodrigues

Melhor Curta-metragem Cearense: “Vando Vulgo Vedita”, de Andreia Pires e Leonardo Mouramateus

Melhor Curta-metragem Brasileiro: “Mamata” (BA), de Marcus Curvelo

PARCEIROS

Ativo 1.png
Ativo 2.png
Ativo 3.png

© 2020 Aceccine - Associação Cearense de Críticos de Cinema